Presidente iraniano chega a Cuba e se reunirá com Raúl Castro

Havana, 19 set (EFE).- O presidente do Irã, Hassan Rohani, aterrissou nesta segunda-feira em Havana em sua primeira visita oficial a Cuba, uma viagem de menos de 24 horas com o propósito de fortalecer os vínculos econômicos entre ambos os países e na qual se reunirá com o chefe de Estado cubano Raúl Castro.

Em sua chegada ao aeroporto José Martí, em Havana, por volta das 12h30 locais (13h30 de Brasília), Rohani foi recebido pelo vice-presidente e ministro da Economia, Ricardo Cabrisas.

Rohani e Raúl Castro se reunirão esta tarde no Palácio da Revolução na capital cubana e assinarão vários acordos bilaterais, cujo conteúdo ainda não foi divulgado, segundo o programa oficial da visita.

O presidente iraniano chegou a Cuba vindo de Ilha Margarita, na Venezuela, onde participou da Cúpula de Países Não Alinhados no fim de semana, uma reunião que também contou com presença de Raúl Castro; e partirá de Cuba amanhã para discursar na Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova York.

A visita de Rohani à ilha caribenha acontece menos de um mês depois que o ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammed Javad Zarif, se reuniu em Havana com Raúl Castro, com quem reafirmou o interesse mútuo de ampliar as relações bilaterais nos setores econômico, comercial, financeiro e de cooperação.

Esta aproximação entre Irã e Cuba ocorre em um momento no qual os dois países se beneficiam do levantamento de algumas sanções econômicas impostas pelos EUA, fruto da aproximação diplomática com essa nação.

Zarif realizou sua primeira viagem pela América Latina - que também o levou a Venezuela, Nicarágua, Equador, Bolívia e Chile - acompanhado por uma ampla delegação de empresários de áreas como mineração, farmacêutica, agricultura, biotecnologia e energia, que se reuniram com representantes de entidades cubanas para identificar possíveis parcerias.

Após a visita de Rohani, Cuba receberá o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, na primeira viagem de um chefe de governo japonês ao país comunista e durante a qual oferecerá o fornecimento de equipamentos médicos como sua ajuda oficial ao desenvolvimento.

No final desta semana também viajará para Cuba o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, após sua participação na Assembleia Geral da ONU e uma visita oficial ao Canadá.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos