Supostos jihadistas com cinturões de explosivos são detidos na Turquia

Ancara, 19 set (EFE).- Dois supostos membros do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) que preparavam um atentado e tinham cinturões de explosivos foram detidos na província sulina turca de Sanliurfa, informou nesta segunda-feira a imprensa local.

Os dois supostos terroristas estavam em posse de explosivos e de cinturões preparados para cometer um atentado suicida, afirma a agência "Anadolu".

No sábado passado, a polícia deteve em Istambul 40 supostos membros do EI durante uma operação na qual foram revistados 23 domicílios.

Segundo informou o jornal "Sabah", os detidos em Istambul são cidadãos do Azerbaijão, Irã, Iraque e Afeganistão vinculados ao grupo jihadista.

Ao EI são atribuídos vários atentados suicidas na Turquia. O primeiro deles, em julho de 2015, foi contra ativistas da esquerda pró-curda justo na província de Sanliurfa. Naquela ocasião morreram 30 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos