Trabalhadores sequestrados de petrolífera na Nigéria são libertados ilesos

Abuja, 19 set (EFE).- Quatorze trabalhadores de uma companhia petrolífera que foram sequestrados no começo de setembro na região do Delta do Níger, no sul da Nigéria, foram libertados ilesos, informou nesta segunda-feira a polícia à Agência Efe.

Os sequestrados, todos eles nigerianos, foram libertados ontem depois que as forças de segurança enfrentaram um grupo de homens armados em um intenso tiroteio que se prolongou durante uma hora e meia.

Os 14 sequestrados estão ilesos, mas foram levados ao hospital para receber tratamento psicológico, explicou à Efe o porta-voz da polícia Nnamdi Omoni, que afirmou que não foi pago nenhum resgate.

Os agressores conseguiram escapar, mas já foi iniciado um dispositivo policial para "levar perante a justiça" os responsáveis deste sequestro.

O sequestro aconteceu em 2 de setembro, quando um ônibus que transportava o pessoal de uma companhia petrolífera no estado de Rivers foi atacado por homens armados.

Nenhuma organização reivindicou por enquanto o sequestro, uma prática habitual no sul da Nigéria.

Nos últimos meses várias instalações de grandes empresas petrolíferas foram atacadas na região do Delta de Níger por um novo grupo chamado Vingadores do Delta do Níger.

Em 2006 começaram a atuar vários grupos guerrilheiros na zona, o principal deles o Movimento para a Emancipação do Delta do Níger (Mend), para reivindicar mais autonomia e investimentos na região do sul, rica em petróleo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos