Alarme responsável por isolamento de avião nas Filipinas era falso

Manila, 20 set (EFE).- Autoridades do Aeroporto de Manila, nas Filipinas, confirmaram nesta terça-feira que o isolamento a que foi submetido um avião da companhia aérea Saudia Airlines acabou por ser um "alarme falso" provocado pelo erro da tripulação do voo.

De acordo o gerente do Aeroporto Internacional de Manila, Ed Monreal, a tripulação da Saudia Airlines errou ao pressionar um botão que indicava que se estavam sob ameaça.

Ainda sim, as autoridades do aeroporto mandaram soldados da polícia para o local procurando garantir a segurança na área.

"Embora o capitão diga que é um erro, poderia ter falado isso pois o avião estaria sob ameaça", afirmou Monreal.

Apesar relatos iniciais de um possível sequestro, os 300 passageiros do voo da Saudia Airlines começaram a desembarcar por volta das 17h (hora local).

A própria companhia aérea confirmou em sua conta no Twitter que o sequestro do voo SV 872 tinha sido um "alarme falso".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos