Farc não têm plano B caso plebiscito sobre a paz tenha resposta negativa

El Diamante (Colômbia), 20 set (EFE).- As Farc não têm um plano B para caso o "não" vença o plebiscito do dia 2 de outubro, no qual os colombianos se pronunciarão sobre o acordo de paz firmado entre a guerrilha e o governo, comentou Félix Antonio Muñoz, conhecido como 'Pastor Alape', um dos chefes da organização.

"Aqui só há um plano, o plano pela paz, não há um plano B", disse em entrevista à Agência Efe na remota região amazônica de Llanos del Yarí, onde participa da 10ª Conferência Nacional Guerrilheira, na qual as Farc devem ratificar o acordo de paz e aprovar o desarmamento.

'Alape' declarou que as Farc estão "confiantes que o país em conjunto" vai optar pelo "sim" no plebiscito para que ocorra a "abertura desta nova era".

"A paz vai permitir o início da construção, ninguém vai querer correr o risco de ver os filhos continuarem a morrer na guerra, de não terem a possibilidade de viver em um país totalmente diferente sem a guerra", acrescentou.

As pesquisas divulgadas até o momento mostram que a maioria dos colombianos optará pelo "sim" na consulta popular, na qual se pronunciarão sobre o acordo que será assinado de maneira oficial no dia 26 de setembro.

O membro do Secretariado das Farc, principal órgão dessa guerrilha, e considerado o número três por diversas fontes consultadas pela Efe, afirmou que os integrantes do movimento insurgente não gosta, de "opinar sobre questões hipotéticas", como uma possível vitória do "não".

"Tudo o que o país veio manifestando indica que a Colômbia vai dizer não à guerra. Não podemos mostrar dúvidas em relação à paz", concluiu.

Ao todo, 34.899.945 colombianos foram convocados às urnas para o dia 2 de outubro. Para que a consulta seja válida, é preciso que pelo menos 13% dos votos do censo eleitoral sejam a favor do "sim", ou seja, 4.536.992 votos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos