Líbia exporta petróleo a partir do porto de Ras Lanuf pela 1ª vez desde 2014

Trípoli, 21 mar (EFE).- Um petroleiro carregado com 776 mil barris partiu nesta quarta-feira do porto de Ras Lanuf, no nordeste da Líbia, rumo à Itália, no que representa a primeira exportação a partir do terminal desde 2014, quando o local acabou invadido por uma das muitas milícias que tentam controlar o país.

Omran al Fitouri, responsável pelo porto, um dos mais importantes do país, explicou que a embarcação Seadelta, com bandeira de Malta, partiu na madrugada de hoje em direção à costa da Itália.

"Está carregando 776 mil barris de petróleo e vai para a Itália. Este é o primeiro navio com petróleo que sai do porto de Ras Lanuf desde novembro de 2014, data na qual a milícia Proteção das Instalações Petrolíferas assumiu o controle daqui", lembrou.

O Seadelta chegou a Ras Lanuf na semana passada, poucos dias depois da milícia ligada ao parlamento de Tobruk, reconhecido pela comunidade internacional, ter expulsado o grupo que o controlava.

Os trabalhos de carregamento dos barris tiveram que ser interrompidos durante o fim de semana porque a Proteção das Instalações Petrolíferas, comandada por Ibrahim Jidhram, lançou um contra-ataque para tentar retomar o porto.

A Líbia é vítima do caos e da guerra civil desde 2011, quando forças multinacionais ajudaram os rebeldes a derrubar a ditadura de Muammar Kadafi. Cinco anos depois, o país tem dois governos - um em Trípoli e um em Tobruk - que lutam para assumir o poder e ter o controle do petróleo com a ajuda de dezenas de milícias.

A situação permitiu a expansão de grupos jihadistas, como a filial líbia do Estado Islâmico, o Boko Haram e a Al Qaeda do Magrebe Islâmico.

Antes da revolução, a Líbia exportava cerca de 1,6 milhão de barris de petróleo por dia, número que atualmente foi reduzido para menos de 300 mil barris.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos