Palestina é baleada por forças israelenses após tentativa de ataque

Jerusalém, 21 set (EFE).- Uma jovem palestina foi baleada por forças de segurança de Israel após tentar apunhalar um soldado em um posto de controle militar próximo de um assentamento judaico na Cisjordânia, informaram nesta quarta-feira alguns veículos de imprensa locais.

O incidente ocorreu em um posto de controle ao leste da cidade cisjordaniana de Qalqilyah, segundo uma informação preliminar do Exército israelense.

A jovem palestina se aproximou do posto, perto da colônia israelense de Alfei Menashe, e as forças de segurança na área trataram de impedir que ela realizasse o ataque disparando primeiro para o alto e depois contra a palestina, diante da resistência da suposta agressora de tirar a faca, afirmaram a imprensa local.

Após várias semanas de calma que apontavam uma possível flexibilização na situação de segurança na região, desde a última sexta-feira foram registradas pelo menos sete ataques contra militares ou civis, segundo os organismos de segurança israelenses, especialmente no território ocupado da Cisjordânia.

Os fatos são parte da onda de violência que iniciou na região em outubro do ano passado e que até o momento causou a morte de 233 palestinos e um jordaniano. O resto perdeu a vida em ataques israelenses ou manifestações na Cisjordânia, Gaza e Jerusalém Oriental.

Os ataques palestinos ocasionaram na morte de 36 israelenses e três estrangeiros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos