Nova pesquisa mostra Trump e Hillary empatados antes de 1º debate

Hempstead (EUA), 26 set (EFE).- O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, conseguiu reduzir a vantagem de sua rival democrata, Hillary Clinton, e está tecnicamente empatado com a adversária de acordo com uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira, dia do primeiro debate entre ambos.

A Universidade de Hofstra, em Long Island (Nova York), já está preparada para receber o primeiro empate entre Hillary e Trump, que pode atrair uma audiência recorde de 100 milhões de espectadores na televisão e na internet.

Coincidindo com o debate, a 'Bloomberg' publicou uma pesquisa que indica vitória de Trump por 43% contra 41% de Hillary se considerada a presença dos votos dos candidatos minoritários, Gary Johnson, do Partido Liberal, com 8%, e Jill Stein, do Partido Verde, com 4%.

Em um cenário com apenas os dois principais rivais, Trump e Hillary estão empatados com 46%, o que mostra como a democrata perdeu progressivamente a ampla vantagem que tinha desde o fim das convenções de ambos partidos no fim de julho.

O site "Real Clear Politics", que divulga uma média das principais pesquisas realizadas no país, confirma que a ex-primeira-dama perdeu sua cômoda vantagem e agora está tecnicamente empatada com o rival.

O debate de hoje, que será transmitido às 21h locais (22h em Brasília) e que terá duração de 1h30mins, é a primeira oportunidade dos norte-americanos verem os candidatos frente a frente.

Apesar de ser a estreia tanto de Hillary como o de Trump em um debate presidencial, o polêmico empresário atrai todas as atenções diante da possibilidade de romper mais uma vez os limites da tradição da política do país com seu estilo populista.

A expectativa é que o debate, que será moderado pelo jornalista da emissora "NBC" Lester Holt, supere os 80 milhões de espectadores que assistiram ao embate entre o então presidente, o democrata Jimmy Carter, e o republicano Ronald Reagan em 1980.

Isso colocaria o evento político no nível do maior acontecimento esportivo do país: o SuperBowl, a conhecida decisão da liga de futebol americano (NFL), que costuma superar os 100 milhões de espectadores.

Além de ser transmitido pelas principais emissoras abertas e a cabo dos Estados Unidos, o debate poderá ser acompanhado pela internet por meio de Facebook, Twitter e Youtube.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos