Brasil e Paraguai tratarão de temas fronteiriços e do Mercosul em Assunção

Assunção, 30 set (EFE).- O presidente Michel Temer chegará a Assunção, no Paraguai, na próxima segunda-feira para se reunir com o governante desse país, Horacio Cartes, e tratar de temas ligados ao desenvolvimento fronteiriço entre os dois países e para fomentar o comércio no âmbito do Mercosul, informou nesta sexta-feira a embaixada do Brasil no Paraguai.

A visita de Temer servirá para que os dois presidentes conversem sobre os setores de infraestrutura, comércio e segurança nas fronteiras, conforme explicou a embaixada brasileira em um comunicado divulgado através das redes sociais.

Além dos assuntos bilaterais, Temer e Cartes também revisarão as agendas regionais comuns, com ênfase especial no fortalecimento econômico e comercial do Mercosul, bloco que reúne os dois países, além de Argentina, Uruguai e Venezuela.

A viagem de Temer ao Paraguai será sua segunda visita oficial a um país estrangeiro, depois que ele esteve na China para a reunião do G20 no início de setembro.

Temer chegou a receber em junho, quando ainda exercia o cargo de presidente interino antes da conclusão do processo de impeachment de Dilma Rousseff, o chanceler paraguaio, Eladio Loizaga, que se transformou no primeiro ministro das Relações Exteriores estrangeiro a viajar ao Brasil depois do afastamento da então presidente em maio.

Naquela visita, Loizaga anunciou, ao lado do Ministro das Relações Exteriores José Serra, a construção da primeira ponte fronteiriça sobre o rio Paraguai, que será integrada à infraestrutura do Corredor Bioceânico.

Os dois também acordaram fortalecer as conexões aéreas entre os países e manter uma vigilância especial nas fronteiras para combater o contrabando e o tráfico de drogas e armas.

Paraguai e Brasil mantêm fortes relações bilaterais devido à grande comunidade brasileira no Paraguai, e vice-versa, além da administração igualitária da represa binacional de Itaipu, a usina hidrelétrica que mais produz energia no mundo.

O Brasil é o principal destino das exportações paraguaias e o principal fornecedor de produtos para o Paraguai, um comércio bilateral que em 2015 chegou a US$ 3,3 bilhões e que nos primeiros oito meses de 2016 já alcançou o número de US$ 2,1 bilhões, segundo a embaixada brasileira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos