Israel paga US$ 20 milhões à Turquia por ação contra "Flotilha da Liberdade"

Ancara, 30 set (EFE).- Israel pagou US$ 20 milhões à Turquia como indenização para compensar as famílias dos nove cidadãos turcos que morreram na intervenção do exército israelense à chamada "Flotilha da Liberdade", que tentou romper o bloqueio da Faixa de Gaza em 2010, informou nesta sexta-feira a emissora "CNNTÜRK".

Segundo esse canal de televisão, o dinheiro foi transferido para uma conta bancária do Ministério da Justiça da Turquia e agora o governo em Ancara será responsável por dividi-lo entre os familiares das vítimas.

O conflito causado pela intervenção de tropas israelenses no dia 31 de maio de 2010 na embarcação "Mavi Marmara", integrante da "Flotilha da Liberdade", que pretendia romper o bloqueio a Gaza e levar ajuda humanitária, causou o rompimento das relações diplomáticas entre Turquia e Israel, que durou seis anos.

No fim de junho deste ano, os dois países anunciaram um acordo definitivo para retomarem as relações diplomáticas, que incluiu a aceitação turca da indenização proposta por Israel.

Segundo a "CNNTÜRK", agora é esperado que ambos os governos nomeiem logo seus embaixadores em cada um dos países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos