EUA evacuam pessoal de Guantánamo por causa do furacão Matthew

Washington, 1 out (EFE).- A Marinha dos Estados Unidos ordenou neste sábado a evacuação obrigatória de todo o pessoal não essencial da base de Guantánamo (Cuba) e suas famílias, por causa da ameaça do furacão Matthew, de categoria 4 e que mantém em alerta a parte oriental do país.

"A evacuação obrigatória inclui dependentes, crianças em idade escolar, famílias com necessidades especiais e seus animais de estimação", informou em comunicado Julie Ann Ripley, porta-voz da base naval americana em Guantánamo.

Na base, que abriga uma prisão para suspeitos de terrorismo, vivem ao redor de 6.000 pessoas, entre elas membros da Marinha dos EUA e suas famílias, e funcionários contratados da Jamaica e Filipinas.

O potente furacão Matthew, que caiu neste sábado para a categoria 4, depois de ter atingido na sexta-feira a máxima de 5 na escala Saffir-Simpson, se tornou estacionário no mar do Caribe, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA.

Por causa do Matthew se mantém um alerta de furacão para a parte leste de Cuba, desde a província de Camagüey até a de Guantánamo.

De acordo com as previsões, o Matthew poderia tocar solo cubano entre segunda-feira e terça-feira.

O Matthew é o furacão "mais potente" que castiga o Atlântico desde o Félix, que causou mais de 130 mortos na sua passagem pela Nicarágua em 2007.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos