ONU verifica destruição de mais de meia tonelada de explosivos das Farc

Bogotá, 1 out (EFE).- A Missão da ONU na Colômbia constatou a destruição de 620 quilos de munição e explosivos por parte das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) como parte do acordo de paz assinado na segunda-feira passada, informou neste sábado o organismo internacional.

No arsenal de mais de meia tonelada que foi destruído havia explosivos, detonadores e granadas para morteiros, afirmou a ONU em comunicado.

"A destruição se realizou em Llanos del Yarí, na mesma área da 10ª Conferência Guerrilheira, sob a observação dos analistas e observadores internacionais da Missão da ONU no país", acrescentou a nota.

Segundo a ONU, foram as próprias Farc que detonaram os explosivos "de maneira voluntária" pouco antes do meio-dia de hoje "de acordo com os padrões internacionais de segurança".

Na quinta-feira passada, o Alto Comissariado para a Paz da Colômbia, Sergio Jaramillo, anunciou que as Farc tinham começado a entregar explosivos à Missão da ONU como foi estipulado nas negociações de paz.

O acordo de paz assinado inclui o abandono de armas por parte da guerrilha e sua desmobilização, que deve cumprir-se em um prazo de 180 dias sob supervisão da ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos