Abu Sayyaf liberta outros três reféns indonésios nas Filipinas

Manila, 2 out (EFE).- O grupo jihadista Abu Sayyaf, que jurou aliança com o Estado Islâmico (EI), deixou em liberdade hoje três indonésios que tinha sequestrado no sul das Filipinas, informaram fontes oficiais.

Os reféns foram entregues na ilha de Jolo a membros da Frente Moro de Libertação Nacional (FMLN), que por sua vez os entregou ao governador local, Totoh Tan, segundo disse o conselheiro do Palácio Presidencial, Jesus Dureza.

O FMLN foi a principal organização muçulmana independentista das Filipinas desde sua fundação por Nour Misuari em 1972 até que assinou a paz em 1996 e se transformou em um partido político para governar a Região Autônoma do Mindanao Muçulmano.

Em declaração para a imprensa, Dureza disse que Misuari lhe informou por telefone da libertação dos indonésios e que na mesma ligação o governador Tan lhe confirmou que estes estavam sob sua custódia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos