Ex-congressista Piedad Córdoba pede continuação de luta pela paz na Colômbia

Bogotá, 2 out (EFE).- A ex-congressista colombiana Piedad Córdoba pediu para se "continuar lutando" pela paz do país depois do triunfo do "não" no referendo deste domingo sobre o acordo de paz entre o governo e as Farc.

Córdoba declarou à emissora Caracol Radio que houve "uma abstenção muito alta", de 62,57%.

"A primeira coisa que é preciso reconhecer é o resultado do referendo, essa é a democracia e essa foi a regra que se propôs", disse.

A dirigente política considerou "lamentável o nível de abstenção tão alto" e "muito preocupante o nível de desinformação do povo" sobre o acordo.

"O povo não soube digerir o tema da paz, a importância de acabar com a guerra interna", lamentou.

Córdoba considerou "muito importante" continuar no empenho da paz e antecipou que continuarão lutando pela reconciliação.

"Vamos conseguir que neste país se entenda a importância ética da reconciliação, o que significa a paz, o que significa que a Colômbia entre para a civilização de verdade, (...) que deixemos de nos matar", disse.

Além disso, convidou a guerrilha do Exército de Libertação Nacional (ELN), a segunda em importância do país, para seguir na tarefa pela paz.

"É preciso continuar com muita esperança no futuro que temos que construir e empenhar-nos a fundo para que o ELN se sente já na mesa de negociação", ressaltou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos