Rússia reafirma apoio ao processo de paz na Colômbia após o não ao acordo

Moscou, 3 out (EFE).- A Rússia reiterou nesta segunda-feira seu apoio a uma solução política do conflito na Colômbia depois que uma maioria de eleitores colombianos se pronunciou a favor do "não" ao acordo de paz com as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia", em um referendo realizado no domingo.

"Reiteramos nossa inváriavel postura a favor de uma solução política do conflito armado na Colômbia em prol do progresso social e econômico desta nação amiga da América Latina", afirma um comunicado publicado no site da Chancelaria russa.

Contra todas as previsões, a rejeição aos acordos de paz se impôs com 50,2% em uma votação na qual a abstenção rondou 63%.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, anunciou após o fracasso do "sim" que abrirá um diálogo nacional que integre todas as forças do país, incluídas as que votaram pelo "não", para retomar o processo de paz.

Para dissipar temores sobre um possível reatamento das hostilidades com as Farc, Santos garantiu que o cessar-fogo e de hostilidades bilateral e definitivo com essa guerrilha, que começou em 29 de agosto, "segue e seguirá vigente".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos