Sarkozy promete atrasar idade de aposentadoria e alongar semana laboral

Paris, 3 out (EFE).- O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy, candidato às primárias da centro-direita para as eleições presidenciais do próximo ano, promete em seu programa atrasar a idade de aposentadoria e alongar a semana laboral.

Em entrevista publicada nesta segunda-feira pelo jornal conservador "Le Figaro", Sarkozy assegura que tem "uma estratégia econômica que permitirá à França recuperar o pleno emprego".

Se for eleito presidente na próxima eleição, o candidato promete adotar antes de setembro um plano de redução de despesas de 100 bilhões de euros combinado com uma redução de impostos de 40 bilhões.

Com esses compromissos, Sarkozy irá a Bruxelas, onde tem certeza que terá o apoio dos parceiros europeus para obter um prazo suplementar para cumprir com os compromissos de situar o déficit fiscal abaixo de 3%.

O ex-presidente tem certeza de que os Orçamentos apresentados na semana pelo governo francês do socialista François Hollande não permitirão conseguir esse objetivo já que, segundo sua opinião, estão baseados em "números falsos", com "ingressos superestimadas e despesas subestimadas".

Sarkozy aposta por atrasar em um ano a idade mínima de aposentadoria, até os 64 anos no horizonte de 2025, economizando em torno de 15 bilhões de euros.

Além disso, recortará 31 bilhões de euros na Seguridade Social mediante uma menor subvenção dos remédios, reduzirá os subsídios de desemprego e eliminará 300 mil vagas de funcionário em 5 anos.

A semana laboral na função pública passará de 35 a 37 horas e dará aos hospitais autonomia para melhorar sua gestão.

Sarkozy promete, além disso, uma baixa do imposto sobre a renda de 10%, exonerará de cargos patronais os empregos mais mal pagos e as horas extras, eliminará o imposto de propriedade abaixo dos 400 mil euros e baixará os impostos sobre os acréscimos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos