Supertufão Chaba paralisa província japonesa de Okinawa

Tóquio, 4 out (EFE).- O supertufão Chaba se afastou nesta terça-feira (data local) na Província de Okinawa, no Japão, onde deixou durante sua passagem 200 voos nacionais e internacionais cancelados e dezenas de milhares de pessoas retiradas de suas casas.

Além disso, obrigou o fechamento de escolas e repartições públicas.

O Chaba, 18º tufão da temporada no Pacífico, avançava em direção ao norte deixando para trás Okinawa a uma velocidade de 20 km/h, às 8h (hora local), após atravessar este grupo de ilhas na véspera, segundo os últimos dados da Agência Meteorológica do Japão (JMA).

As autoridades tinham decretado alerta para condições meteorológicas extremas geradas pela tempestade, qualificada como "violenta" pela JMA, e que causou ventos de mais de 300 km/h, chuvas torrenciais e ondas fortes.

Dezenas de milhares de pessoas foram retiradas de suas casas em 25 municípios da Província de Okinawa, onde escolas foram fechadas e repartições públicas entre segunda-feira e hoje para evitar a exposição de pessoas a perigos como inundações ou deslizamentos de terra.

Cerca de 200 voos nacionais e internacionais que partiam do Aeroporto de Naha ou com destino ao mesmo foram cancelados.

Além disso, todas as conexões de via marítima entre as 160 ilhas que fazem parte de Okinawa foram canceladas, e cerca de 4 mil casas ficaram sem eletricidade, segundo a emissora estatal "NHK".

No momento, as autoridades locais não informaram sobre vítimas ou pessoas desaparecidas por conta da tempestade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos