Uribe abre porta para "grande pacto nacional", após vitória do "não"

Rionegro (Colômbia), 2 out (EFE).- O ex-presidente da Colômbia Álvaro Uribe se declarou disposto a apresentar "um grande pacto nacional", depois que neste domingo a opção do "não" que promovia junto com seu partido, o Centro Democrático, venceu o referendo sobre o acordo de paz com a guerrilha das Farc.

"Queremos apresentar um grande pacto nacional, nos parece fundamental que em nome da paz não se criem riscos aos valores que a tornam possível", afirmou Uribe em declaração lida para jornalistas e correligionários em seu sítio em Rionegro, município próximo a Medellín.

Uribe, senador do Centro Democrático, convidou a comunidade internacional que apoiou o acordo com as Farc para a reflexão, e pediu que no marco de um acordo nacional se escutem as razões de sua oposição ao pactuado.

"Sabemos que nossos compatriotas do 'sim', ao receber a mensagem de nossa boa vontade, nos escutarão e os escutaremos, pedimos o mesmo ao governo, a seus negociadores e à comunidade internacional", disse.

O ex-presidente, que foi recebido com aplausos por seus partidários, afirmou que quem votou no "sim" ou no "não" tem "um elemento comum: todos querem a paz, nenhum quer a violência".

"Pedimos que não haja violência, que se dê proteção às Farc e que cessem todos os crimes, incluindo o narcotráfico e a extorsão", afirmou.

Ao se dirigir às Farc, disse: "Contribuirá muito para a unidade dos colombianos que vocês, devidamente protegidos, permitam que se aproveite a tranquilidade".

O ex-chefe de Estado advertiu que "a economia do país está em dificuldades que poderiam se agravar com os acordos e chegar ao ponto de frear a confiança de investimento, caso não houvesse os recursos para cumprir o pactuado com a Farc".

Igualmente pediu ao governo e ao Congresso "decisões de severa austeridade e promoção efetiva da confiança privada para garantir o compromisso com o investimento social".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos