Bombardeios e disparos de artilharia governamental deixam 20 mortos em Aleppo

Beirute, 4 out (EFE).- Pelo menos 20 pessoas morreram nas últimas vinte e quatro horas pelos bombardeios e os disparos da artilharia governamental contra distintas partes da metade leste da cidade síria de Aleppo (norte), assediada pelo Exército e controlada pela oposição, informaram nesta terça-feira ativistas.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos precisou que foram atacados os bairros de Al Baidin, Al Helik, Al Sajur, Bustan al Basha, Sheikh Said, Al Haidariya e Al Zabdieh, no lado oriental de Aleppo.

Além disso, quatro civis morreram por um ataque aéreo de aviões não identificados na cidade de Andam, ao norte de Aleppo, enquanto outra pessoa perdeu a vida pelo impacto de um projétil lançado por facções rebeldes e islâmicas contra o bairro de Al Meridien, dentro da cidade.

Também caíram projéteis nos arredores da rua Al-Faiçal e nas áreas dos Franciscanos, Al Yabaria e Al Midan, sob domínio governamental.

Em paralelo, prosseguem os combates no arredor norte de Aleppo.

Nesses confrontos, os soldados governamentais enfrentam grupos insurgentes e islâmicos, entre os quais figura a Frente da Conquista do Levante (ex-filial síria da Al Qaeda).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos