China diz que está disposta em melhorar diálogo com Vaticano

Pequim, 4 out (EFE).- O governo da China afirmou nesta terça-feira que está disposto a trabalhar para melhorar suas relações com o Vaticano e para prosseguir um "diálogo construtivo" visto atualmente como "claro e efetivo".

Em comunicado enviado à Agência Efe, o escritório de porta-vozes do Ministério das Relações Exteriores da China respondeu desta forma as declarações realizadas no último domingo pelo papa Francisco, onde defendeu que "relações entre o Vaticano e China são boas".

"A China sempre foi sincera na questão de melhorar as relações com o Vaticano e realizou esforços incansáveis para este fim. Atualmente, os canais de diálogo entre as duas partes são claros e efetivos", afirmou o Ministério das Relações Exteriores chinês.

Os chineses também reafirmaram sua vontade de "continuar o diálogo construtivo" com o Vaticano e de "trabalhar em conjunto para fazer avançar o processo de melhora das relações bilaterais".

O papa Francisco, ao atender as perguntas dos jornalistas no voo de volta de sua viagem à Geórgia e Azerbaijão, citou como exemplo dessas "boas relações" com a China as exposições que os Museus Vaticanos realizaram no país asiático e que em breve haverá alguma mostra da cultura chinesa nos Museus.

Além disso, o pontífice revelou que o presidente da China, Xi Jinping, lhe enviou um presente dias atrás por ocasião de um seminário sobre cultura chinesa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos