EUA veem relação "robusta" com Filipinas mesmo após Duterte ofender Obama

Washington, 4 out (EFE).- Os Estados Unidos disseram nesta terça-feira que as Filipinas não informaram nenhuma mudança na relação bilateral e que os laços entre os países seguem sendo "robustos", após o presidente filipino, Rodrigo Duterte, mandar Barack Obama "ao inferno" e anunciar que suspenderá os exercícios militares conjuntos.

"Os Estados Unidos não receberam nenhum pedido oficial do presidente Duterte nem de nenhum outro funcionário filipino para alterar nenhum dos aspectos de nossa cooperação bilateral", garantiu o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, em entrevista coletiva.

"De fato, hoje começam nossos exercícios militares conjuntos anuais com as Filipinas, um exemplo da forte aliança que temos. É uma aliança robusta e que beneficia os dois países", acrescentou Earnest.

Durante uma conferência nesta terça-feira em Manila, Duterte disse que o presidente americano, Barack Obama, "pode ir ao inferno" por ter criticado sua campanha contra as drogas, na qual morreram mais de 3.500 pessoas.

"Vou reconfigurar minha política externa. Finalmente, pode ser que corte laços com a América", afirmou Duterte, que também anunciou que quer pôr fim às manobras militares, que acontecem regularmente desde 2001.

O porta-voz da Casa Branca opinou que os comentários de Duterte "não se encaixam com a cálida relação que existe entre os povos americano e filipino", mas evitou criticar abertamente o presidente.

No entanto, Earnest assegurou que "os Estados Unidos não hesitarão em continuar a levantar preocupações sobre execuções extrajudiciais" dentro da campanha contra as drogas nas Filipinas.

"O uso desse tipo de tática é completamente incoerente com os direitos humanos universais e os valores compartilhados por nossos dois países. Valorizamos nossa forte aliança com as Filipinas, mas não guardaremos silêncio sobre nossas preocupações sobre isto", ressaltou Earnest.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos