Haiti mantém eleições no próximo domingo, apesar do furacão Matthew

Porto Príncipe, 3 out (EFE).- O Conselho Eleitoral do Haiti anunciou nesta segunda-feira que estão confirmadas, por enquanto, as eleições presidenciais no país, apesar da chegada do poderoso furacão Matthew.

"Até agora vamos manter a data das eleições para o próximo domingo, mas iremos estudar esse assunto após a passagem do furacão. Sabemos que a situação do país é frágil, mas temos que continuar com o processo", afirmou em comunicado.

A nota do Conselho Eleitoral pede para que seus funcionários estejam atentos e esperam a passagem do furacão, que já causou a morte de um pescador, afogado em São João do Sul, enquanto outra pessoa desapareceu em Aquin, na região sul.

O furacão Matthew pode impedir a distribuição do material eleitoral em mais de cinco departamentos do país, especialmente no sul.

Os principais candidatos à presidência do Haiti, Jude Celestin, do partido Lespwa e Maryse Narcisse, do Família Lavalas, decidiram nesta segunda suspender suas atividades de campanha por conta da ameaça do potente furacão Matthew, que contínua sua rota em direção ao país caribenho.

O Haiti vive uma semana crucial antes das eleições gerais do próximo domingo, depois que o Conselho Eleitoral Provisório invalidou o pleito realizado em outubro do ano passado, por suspeitas de corrupção.

Caso nenhum dos candidatos alcance a maioria dos votos, os haitianos voltarão às urnas no dia 8 janeiro de 2017 para escolher entre os dois candidatos mais votados para suceder o presidente interino, Jocelerme Privert.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos