Novo ataque contra minoria xiita no Paquistão deixa cinco mortos

Islamabad, 4 out (EFE).- Pelo menos cinco membros da etnia hazara, do ramo minoritário xiita do islã, morreram nesta terça-feira após serem baleados por três motociclistas fortemente armados enquanto viajavam em ônibus na cidade de Quetta, no oeste do Paquistão.

O ataque aconteceu por volta das 18h55 local (10h55, em Brasília), na área de Sariab da cidade, quando o ônibus fazia o trajeto desde um mercado central até o bairro hazara, mais ao oeste, afirmou à Agência Efe um porta-voz da Polícia local, Muhammad Moussa.

"O ônibus faz a rota diária desde Hazara Town até o mercado e desde o mercado até Hazara Town (...) Todo mundo sabe que a comunidade hazara usa este serviço de ônibus", sentenciou Moussa, que não duvidou em qualificar o ataque de sectário.

"Claro que foi um ataque dirigido contra os hazaras", ressaltou o porta-voz policial.

O exército e a polícia isolaram a área e duas crianças que ficaram feridas foram levadas a um hospital, concluiu Moussa.

Os atentados de caráter sectário no Paquistão, especialmente contra a minoria xiita, que representa 20% da população, aumentaram nos últimos anos, apesar de uma diminuição geral no número de ações terroristas no país desde 2014.

No ano passado, um atentado suicida contra xiitas que tinham ido à mesquita para a oração da sexta-feira no sul do Paquistão acabou em uma tragédia com 58 mortos e 50 feridos e mereceu a condenação internacional e a indignação do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos