Combates deixam um soldados turco e 18 supostos jihadistas mortos na Síria

Istambul, 5 out (EFE).- Um soldado turco e 18 supostos jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) morreram em um enfrentamento no noroeste da Síria, informou nesta quarta-feira a agência semipública turca "Anadolu".

Outros três soldados turcos ficaram feridos no combate, embora nenhum em estado gravidade.

Segundo a fonte, os milicianos do EI tentavam "se infiltrar" na cidade de Ziyara, ao leste da cidade de Al Rai, que está já sob controle do Exército Livre da Síria, as milícias sírias aliadas com a Turquia que combatem contra os jihadistas.

Na última jornada de enfrentamentos, a artilharia turca disparou 221 obuses contra 75 posições do EI, assim como 40 projéteis de longo alcance e 18 de tanque, afirma a citada agência, que cita fontes militares.

Uma dezena de soldados turcos morreu na Síria em combate contra o Estado Islâmico desde que as tropas turcas cruzaram a fronteira, em 24 de agosto, para arrebatar a cidade de Jarabulus.

Desde então, os enfrentamentos continuam nos povos entre Al-Rai e Dabiq no extremo ocidental do território sob controle do EI.

As milícias sírias respaldadas por Ancara controlam já um território de 960 quilômetros quadrados ao longo da fronteira turco-síria, asseguraram fontes militares turcas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos