FBI deteve funcionário terceirizado da NSA por suposto roubo de informações

Washington, 5 out (EFE).- O FBI deteve no final de agosto um funcionário terceirizado da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos EUA, na qual trabalhou o conhecido ex-analista Edward Snowden, e investiga se o detido roubou e revelou segredos dos Estados Unidos, informou nesta quarta-feira o Departamento de Justiça do país americano.

O detido foi identificado como Harold Thomas Martin III, de 51 anos, original de Glen Burnie (Maryland) e a quem a Promotoria acusa de roubar material confidencial, detalhou o Departamento de Justiça em comunicado.

O suposto roubo coloca a possibilidade de que, pela segunda vez em três anos, a NSA tenha sofrido um roubo de dados depois que Snowden expôs com suas filtragens em 2013 os programas de espionagem em massa que a agência de segurança iniciou por causa dos atentados de 11 de setembro de 2001 contra os EUA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos