Matthew causa graves danos estruturais durante sua passagem por Cuba

Baracoa (Cuba), 5 out (EFE).- O furacão Matthew causou em sua passagem por Cuba graves danos no extremo oriental da ilha, com desabamento de casas, quedas de postes de eletricidade e estradas inundadas, que deixaram vários municípios totalmente incomunicáveis.

Por enquanto as autoridades não reportaram danos pessoais, embora prevê que sejam mínimos devido às rigorosas medidas de prevenção tomadas durante os dias prévios à chegada de Matthew, que incluíram a evacuação de 1,3 milhão de pessoas.

Em Baracoa, uma das cidades mais castigadas por Matthew, as casas próximas ao litoral amanheceram totalmente destruídas pelos ventos sustentados de até 250 km/h, com sequências de até 300 km/h, e ondas de vários metros, que superaram a altura dos edifícios.

Nessa cidade, a primeira fundada pelos conquistadores espanhóis há mais de 500 anos, no começo da manhã trabalhavam brigadas de salvamento e a Cruz Vermelha para resgatar pessoas que ficaram presas em andares altos de edifícios, já que o furacão derrubou as escadas.

Muitos moradores que não tinham abandonado suas casas tiveram que sair no meio do furacão e ir para locais mais seguros, mas que também sofreram danos, já que o impacto de Matthew foi pior que o esperado, relataram à Agência Efe alguns dos afetados.

Neste momento, as ruas de Baracoa e de outros municípios da província oriental de Guantánamo, onde as chuvas acumuladas alcançaram os 300 milímetros, estão intransitáveis pelos escombros e o barro acumulado pelos estragos causados por Matthew nas dez horas que permaneceu sobre território cubano.

Outros municípios da faixa litorânea de Guantánamo, como Imías, San Antonio e Maisí, sofreram danos semelhantes e os fortes ventos interromperam comunicações e estradas.

Matthew, o maior furacão no Caribe em nove anos, saiu de Cuba por volta das 4h local (5h, em Brasília), já debilitado a categoria 3 e com ventos sustentados de 200 km/h em seu trânsito rumo a Bahamas e Flórida, a uma velocidade de 15 km/h.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos