May antecipa "duras" negociações para saída do R.Unido da UE

Birmingham (R.Unido), 5 out (EFE).- A primeira-ministra britânica, Theresa May, antecipou nesta quarta-feira "duras" negociações para a saída do Reino Unido da União Europeia e garantiu que seu governo trabalhará para conseguir que o país seja "independente".

Em seu discurso de encerramento do congresso anual do Partido Conservador em Birmingham, May disse que é prematuro saber qual será o resultado das negociações com os países comunitários, mas insistiu que serão "duras" e será preciso "ceder".

"O Reino Unido é um país diferente" após a votação no referendo de 23 de junho a favor da saída da UE -"Brexit"-, apontou a chefe do governo, que, no entanto, afirmou que fará esforços para que as empresas sigam comerciando com a Europa.

Em seu discurso, no qual destacou o giro que marcará seu governo, May insistiu que seu gabinete terá que cumprir com a vontade expressada pelos britânicos na consulta.

A política "tory" lembrou que ativará em março o artigo 50 do Tratado de Lisboa, que estabelece um período de dois anos de negociações, e que apresentará no parlamento o projeto de lei para derrogar a ata de incorporação do Reino Unido na UE em 1973.

"Então as leis do Reino Unido serão feitas no parlamento de Westminster e os juízes não se sentarão no tribunal europeu de Luxemburgo, mas nos tribunais britânicos", acrescentou.

"O povo disse que queria isso e este governo conservador cumprirá", insistiu a primeira-ministra.

May também prometeu trabalhar para todos os cidadãos e não para "alguns poucos", ao mesmo tempo que atacou os trabalhistas de Jeremy Corbyn por se apresentar como defensores dos serviços públicos.

May especificou que o Partido Conservador defenderá sempre o livre mercado e que atenderá os problemas de falta de habitação acessível e de boas escolas estatais em muitas zonas britânicas.

A primeira-ministra ressaltou, além disso, que seu governo trabalhará a favor de uma sociedade baseada na meritocracia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos