Morrem 16 jihadistas em ofensiva do EI no norte do Iraque

Mossul, 5 nov (EFE).- Pelo menos 16 combatentes do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) morreram nesta quarta-feira em uma ofensiva frustrada lançada pelo grupo extremista contra duas populações localizadas ao sul da cidade de Mossul, o principal reduto do grupo terrorista no Iraque.

Firas Sabri, porta-voz da Chefia das Operações para a Libertação da Província de Ninawa, cuja capital é Mossul, explicou à Agência Efe que homens armados do EI lançaram um ataque violento contra as populações de Jaraib Jaber e Al Hajj, situadas na região de Al Qayara, 55 quilômetros ao sul de Mossul.

Segundo Sabri, os terroristas tinham a intenção de romper a linha de defesa das forças de segurança iraquianas, que finalmente conseguiram repelir a ofensiva após várias horas de enfrentamentos, nos quais 12 combatentes jihadistas morreram.

Outros quatro extremistas morreram em um ataque aéreo posterior lançado por aviões da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos contra grupos de homens armados do EI.

O Iraque prepara - em coordenação com a aliança internacional - o ataque a Mossul, a segunda cidade mais importante do Iraque que está nas mãos do Estado Islâmico desde 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos