UE manterá suspensão das Farc de lista de organizações terroristas

Estrasburgo (França), 5 out (EFE).- A União Europeia manterá a suspensão das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) de sua lista de organizações terroristas apesar do "não" ao acordo de paz no plebiscito e continuará a apoiar o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, na renegociação.

"O referendo não afeta a suspensão das Farc da lista de organizações terroristas", declarou nesta quarta-feira o secretário de Estado e Relações Exteriores eslovaco, Ivan Korcok, no plenário do Parlamento Europeu em Estrasburgo.

A decisão já havia sido anunciada no dia 26 de setembro pela chefe da diplomacia do bloco, Federica Mogherini, após a assinatura do acordo em Havana, e se mantém apesar da rejeição dos colombianos ao pacto com 50,21% dos votos, em uma consulta na qual a abstenção superou 62% do eleitorado.

Korcok disse que "desejava um resultado diferente", mas pediu que seja "respeitado o desejo dos cidadãos", embora tenha ressaltado a necessidade de ambas as partes confirmarem o compromisso com o cessar-fogo.

"Estamos de acordo com Santos que o caminho da paz na Colômbia não termina aqui, mas é importante que as Farc e o governo confirmem seu compromisso com o cessar-fogo", comentou.

O político eslovaco, que compareceu ao debate em representação de Mogherini, afirmou que, após o resultado do plebiscito, "a solução só pode emanar da política e das negociações".

"O 'não' implica negociar um acordo melhor, é um momento delicado para a Colômbia, porque o país deve decidir como seguir em frente", acrescentou o diplomata, que expressou a esperança de ver "tanto o governo, como a oposição e as Farc unidos em um esforço renovado para garantir a paz duradoura".

Os eurodeputados demonstraram apoio unânime às negociações de paz e destacaram que a UE deve expressar apoio ao processo, enquanto as Farc e o governo devem se comprometer para que o cessar-fogo, estipulado por enquanto até 31 de outubro, se mantenha de forma duradoura.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos