Conselho de Segurança recomenda ex-premiê português para dirigir a ONU

Nações Unidas, 6 out (EFE).- O Conselho de Segurança da ONU recomendou formalmente nesta quinta-feira o ex-primeiro-ministro de Portugal António Guterres para assumir a Secretaria-Geral da organização e substituir o sul-coreano Ban Ki-moon a partir de janeiro.

A decisão foi anunciada no final de uma reunião a portas fechadas dos 15 integrantes do Conselho de Segurança. A recomendação passa agora para a Assembleia Geral, que deve ratificar a designação de Guterres quando se reunir para analisar o caso.

O anúncio foi feito pelo embaixador russo na ONU, Vitaly Churkin, cujo país preside este mês o Conselho de Segurança.

Churkin leu para os jornalistas o breve texto da resolução na qual o Conselho de Segurança da ONU recomenda Guterres para o cargo.

De acordo com o embaixador russo, a decisão foi adotada por aclamação.

O diplomata comentou que a designação de Guterres foi feita após um "processo justo" que permitiu conhecer os outros candidatos que aspiravam para o posto.

"(Guterres) Era o melhor candidato disponível", acrescentou o embaixador russo, que também afirmou que, assim que for confirmado pela Assembleia Geral, caberá a Guterres nomear os integrantes do alto escalão da Secretaria-Geral.

Guterres está em Lisboa e é esperado que ele faça um pronunciamento aos jornalistas no Ministério das Relações Exteriores de Portugal, informou a missão portuguesa na ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos