Pesquisa indica que filipinos estão "muito satisfeitos" com Duterte

Manila, 6 out (EFE).- Os filipinos estão "muito satisfeitos" com os três primeiros meses de mandato do presidente do país, Rodrigo Duterte, apesar sua violenta campanha contra as drogas e suas polêmicas declarações, segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira.

A pesquisa do "Social Weather Station" indica que 76% dos 1,2 mil adultos entrevistados aprovam a gestão do controvertido líder, enquanto apenas 11% mostram insatisfação, outros 13% estão indecisos.

A porcentagem líquida de satisfação está situada em 64%, uma pontuação que "Social Weather Station" classifica como "muito boa".

A pesquisa, realizada entre os dias 24 e 27 de setembro, coloca Duterte como o segundo presidente mais popular das Filipinas em seus primeiros meses de mandato, apenas dois pontos atrás de Fidel Ramos, que governou o país entre 1992 e 1998.

Duterte foi especialmente bem avaliado na região de Mindanau, de onde veio e onde recebeu uma pontuação líquida de 85%, considerado "excelente" pelos autores da pesquisa.

O presidente filipino tem essa aprovação, apesar da violenta luta contra as drogas que iniciou após ser empossado no final de junho e que causou mais de 3,5 mil mortes em operações policiais e execuções extrajudiciais.

Duterte também não se ressentiu por seus ataques contra a União Europeia ou Estados Unidos, que os tachou de "hipócritas", ou por suas desqualificações a instituições como a ONU, que ele chamou de "inútil", em resposta às críticas a sua campanha antidrogas.

A maioria de filipinos vê em Duterte um político próximo e espontâneo, afastado da elite que dominou o país durante décadas. EFE

hc/phg

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos