Santos é o segundo colombiano a ganhar um Nobel depois de García Márquez

Bogotá, 7 out (EFE).- O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, que nesta sexta-feira foi agraciado com o Prêmio Nobel da Paz, é o segundo colombiano a ganhar um Nobel, depois do de Literatura para Gabriel García Márquez em 1982.

Como há 34 anos, a Colômbia despertou hoje, ainda de madrugada, com a notícia da concessão do Nobel ao presidente por seus "decididos esforços" por buscar a paz, após 52 anos de conflito armado no país, segundo anunciou em Oslo o Comitê Nobel da Noruega.

O presidente colombiano tinha estado, segundo os especialistas, entre os favoritos ao prêmio, mas suas chances diminuíram depois do plebiscito do domingo passado no qual o "não" ao acordo de paz assinado no dia 26 de setembro em Cartagena venceu com 50,21% dos votos, enquanto o "sim" conseguiu 49,78%.

"O fato de que a maioria dos eleitores tenha dito não ao acordo de paz não significa necessariamente que o processo de paz esteja morto. O referendo não foi um voto por ou contra a paz", afirmou o Comitê Nobel em sua decisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos