Uribe parabeniza Santos por Nobel de Paz e espera mudanças em acordo com Farc

Bogotá, 7 out (EFE).- O ex-presidente da Colômbia Álvaro Uribe, líder da campanha pelo "não" no referendo sobre o acordo de paz com as Farc, parabenizou nesta sexta-feira seu sucessor, Juan Manuel Santos, por ter sido premiado com o Nobel de Paz.

"Parabenizo o presidente Santos pelo Nobel, desejo que o leve a mudar acordos prejudiciais para a democracia", escreveu Uribe em sua conta no Twitter.

Uribe é um dos maiores críticos das negociações com as Farc e do acordo alcançado, defendeu da opção do "não" no referendo sobre o acordo de paz do domingo passado, que venceu com 50,21% dos votos.

O ex-governante se reuniu na quarta-feira com Santos na Casa de Nariño, sede de governo, que não visitava desde que deixou a presidência, em 2010, pelo distanciamento com seu ex-ministro de Defesa e atual chefe de Estado, quem foi alvo de suas críticas.

Além de Uribe, o ex-presidente Andrés Pastrana se juntou à campanha pelo "não", cujo triunfo no referendo deixou no limbo o acordo de paz que Santos assinou em 26 de setembro com o líder máximo das Farc, Rodrigo Londoño, também conhecido como "Timochenko", em Cartagena de Indias. As negociações entre o governo de Santos e as Farc se prolongaram por quase quatro anos em Havana. EFE

lb/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos