Obama critica Trump por "menosprezar as mulheres"

Em Washington

  • Seth Wenig/AP

    Homem vestido de porco segura cartaz que diz "Trump é um porco sexista" do lado de fora da Trump Tower, em Nova York (EUA)

    Homem vestido de porco segura cartaz que diz "Trump é um porco sexista" do lado de fora da Trump Tower, em Nova York (EUA)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, criticou neste domingo (9) o candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, por "menosprezar as mulheres", após o escândalo do vídeo no qual o magnata faz comentários vulgares e machistas.

"Degrada mulheres, minorias, imigrantes e pessoas de outras religiões. Zomba de deficientes, insulta nossas tropas e os veteranos. Ele não se importa muito com os valores básicos que tentamos passar as nossas crianças", enumerou Obama, em um ato de arrecadação de fundos para o Partido Democrata em Chicago.

Ele qualificou a "retórica inacreditável" de Trump como "uma das coisas mais perturbadoras destas eleições".

"Não tenho necessidade de repeti-la. Existem crianças na sala", brincou o presidente americano.

Segundo Obama, essa retórica mostra que Trump "é suficientemente inseguro e tenta se impor diminuindo as outras pessoas".

"Um tipo que eu não recomendaria dentro do Salão Oval", declarou o presidente, que acredita que o magnata "seria pouco cuidadoso com a civilidade e o respeito que uma democracia vibrante requer".

Obama, que pediu votos para a candidata presidencial democrata Hillary Clinton, fez essas declarações após a polêmica gerada por um vídeo feito em 2005 e divulgado na sexta-feira passada jornal "The Washington Post", no qual Trump fazer comentários sexuais muito vulgares sobre as mulheres.

Mais tarde, o empresário enfrenta Hillary Clinton no segundo debate presidencial na TV e que acontecerá na cidade de Saint Louis, no estado do Missouri. Muitos analistas políticos acreditam que essa é a última oportunidade de Trump endireitar uma campanha que parece ter chegado ao fundo do poço com o escândalo do vídeo, apesar de ele garantir que não existe qualquer chance de se retirar sua candidatura.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos