Queda de helicóptero da força área afegã mata 7 pessoas

Cabul, 9 out (EFE).- Sete militares morreram na queda de um helicóptero MI-17 da Força Aérea afegã no centro do país, devido a um problema técnico, segundo o governo, enquanto os talibãs asseguram que o aparelho foi derrubado.

O Ministério da Defesa afegão informou em comunicado que o fato aconteceu por volta das 4h (horário local, 20h30 de sábado em Brasília) quando dois helicópteros MI-17 da Força Aérea Afegã se dirigiam para o posto de Qurghan na província de Baghlan, ao norte de Cabul.

"Um dos helicópteros se incendiou devido a um problema técnico na colina Qurghan", acrescentou.

Como consequência do fogo o aparelho caiu e "quatro membros da tripulação e três soldados do Exército afegão morreram no incidente", afirmou o Ministério da Defesa.

O porta-voz dos talibãs Zabiullah Mujahid disse na rede social Twitter que esse grupo insurgente tinha derrubado o aparelho.

O porta-voz da Polícia de Baghlan, Javid Basharat, informou à Efe que o helicóptero não foi derrubado e que a versão dos talibãs é "só propaganda".

As forças afegãs e os talibãs protagonizam combates em vários pontos da província de Baghlan, incluindo a região de Dandi Ghori de Pul-i-Khumri, onde fica a colina Qurghan.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos