Oposição lidera 1ª turno das eleições parlamentares na Lituânia

Berlim, 10 out (EFE).- Os partidos opositores de centro-direita foram os mais votados no primeiro turno das eleições parlamentares deste domingo na Lituânia, informou nesta segunda-feira a Comissão Eleitoral Central (VRK) do país báltico.

Com mais de 98% dos votos apurados, a União dos Verdes e Agricultores, que nas últimas eleições sequer conseguiu entrar no parlamento, está em primeiro lugar com 21,64% de votos, seguida muito de perto pela União pela Pátria/Aliança Democratas-cristãos, com 21,55%.

Em terceiro lugar, a uma distância considerável, estão os social-democratas do primeiro-ministro Algirdas Butkevicius, que só conseguiram somar 14,45% dos votos, longe dos 18,4% das eleições parlamentares anteriores.

Já entre os outros dois partidos que formam a atual coalizão de governo, apenas o Trabalhista conseguiu superar a barreira dos 5% para entrar na câmara baixa do parlamento lituano.

"Esta claro que o povo votou pela mudança", declarou a presidente lituana, Dalia Grybauskaité, em mensagem de vídeo divulgada por sua assessoria de imprensa, na qual ressaltou que a coalizão de governo liderada por Butkevicius esteve infestada de escândalos.

Os eleitores se expressaram "em favor da prestação de contas, da transparência e da mudança", acrescentou Dalia, ao também lembrar que ainda resta um segundo turno, por isso convocou os cidadãos a comparecerem às urnas de novo daqui duas semanas.

De acordo com o sistema eleitoral lituano, as 141 cadeiras da câmara baixa do parlamento são distribuídas de acordo com uma dupla votação paralela, para uma legislatura de quatro anos.

Assim, 70 deputados são distribuídos através dos partidos por sistema proporcional e em uma única circunscrição nacional (cujos resultados se saberão hoje), enquanto os outros 71 obtêm seu posto por sistema majoritário em distritos unipessoais.

Este formato faz com que seja necessária uma segunda votação para muitas das cadeiras dos distritos unipessoais, que acontecerá dentro de duas semanas, quando se completará a composição da Seimas, a câmara baixa do parlamento.

A VRK indicou ontem que a participação no pleito de ontem chegou a 49,9% dos cerca 2,5 milhões de eleitores lituanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos