Palestino morre eletrocutado em túnel entre Gaza e Egito

Gaza, 10 out (EFE).- Um palestino morreu nesta segunda-feira eletrocutado em um túnel que conecta Gaza e Egito, informaram os ministérios do Interior e Saúde da Faixa, governada pelo movimento Hamas.

A vítima foi identificada como Hamda Madhi, original de Khan Yunes, no sudoeste de Gaza, segundo a agência Palestina Independente "Ma'an".

Desde o começo de ano, 20 palestinos morreram acidentalmente nas passagens construídas para comunicar a Faixa com Israel e Egito.

O penúltimo caso foi em 29 de setembro, quando um jovem morreu pelo desabamento de um túnel na cidade de Beit Hanoun.

Desde o golpe de Estado de Abdel Fatah Al Sisi, o Egito reforçou os controles na fronteira, agravando com isso o ferrenho bloqueio imposto em 2007 por Israel sobre a Faixa litorânea palestina.

Israel lançou em 2014 uma operação militar contra as milícias palestinas com o fim, entre outros, de destruir este tipo de túnel.

As hostilidades, que duraram 50 dias, causaram a morte de cerca de 2,2 mil palestinos, dois terços deles civis, e de 73 israelenses, 67 deles soldados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos