Destróier dos EUA volta a detectar míssil lançado contra si a partir do Iêmen

Washington, 12 out (EFE).- O destróier USS Mason, da Marinha dos Estados Unidos, detectou nesta quarta-feira, pela segunda vez em quatro dias, o lançamento de um míssil a partir de território controlado pelos rebeldes houthis no Iêmen contra si, apesar de o projétil ter errado o alvo, não provocando vítimas.

A embarcação norte-americana disparou contramedidas defensivas e o míssil acabou caindo na água, informou o porta-voz do Pentágono, Peter Cook, em comunicado divulgado hoje.

Foi a segunda vez em quatro dias que mísseis foram lançados a partir do território controlado pela milícia xiita dos houthis contra o USS Mason e a embarcação de transporte anfíbio USS Ponce no Mar Vermelho ou nas imediações do estreito de Bab al Mandeb.

"Aqueles que ameaçam nossas forças deveriam saber que os comandantes têm o direito de defender seus navios e que responderemos às ameaças no momento e de maneira apropriada", alertou o porta-voz do Pentágono.

Até o momento, os EUA não acusaram diretamente os rebeldes houthis de realizar os disparos. Além disso, as forças norte-americanas também não iniciaram um contra-ataque, que seria a primeira ofensiva direta contra as milícias que destituíram o presidente do país, Abdo Rabbo Mansour al Hadi, autoridade reconhecida pela comunidade internacional.

Os houthis, aliados do Irã, estão sendo atacados por uma coalizão liderada pela Arábia Saudita. Os EUA contribuem desde 2015.

Os rebeldes parecem ter aumentado os ataques com lançamentos de mísseis contra territórios da Arábia Saudita e navios militares após um bombardeio saudita a um funeral na capital do Iêmen, Sana, que deixou 140 pessoas mortas.

Participam da cerimônia importantes líderes de facções tribais anti-sauditas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos