Abdullah II da Jordânia receberá prêmio cazaque da paz em 16 de novembro

Astana 13 out (EFE).- O rei Abdullah II da Jordânia receberá a versão cazaque do prêmio Nobel da Paz no dia 16 de novembro por sua contribuição à "estabilidade regional, à segurança global e por sua postura firme contra a guerra e a proliferação das armas de destruição em massa," anunciaram nesta quinta-feira funcionários do alto escalão do governo do Cazaquistão.

O Prêmio Nazarbayev para um Mundo Livre de Armas Nucleares e a Segurança Global, que concede US$ 1 milhão ao laureado, foi lançado esta semana pelo próprio presidente cazaque, Nursultan Nazarbayev, que nomeou Abdullah II como o primeiro ganhador do prêmio.

"O compromisso de Vossa Majestade com a paz e a segurança mundial nos últimos anos foi particularmente notável por seus corajosos esforços para acolher mais de 1,5 milhão de refugiados sírios no reino hachemita da Jordânia e para transformar o Oriente Médio em uma região de paz através do estabelecimento de uma área livre de armas nucleares", declarou o Ministério das Relações Exteriores do Cazaquistão em comunicado.

O governo cazaque informou hoje que a cerimônia de gala para apresentar e entregar o prêmio vai acontecer em Astana, no dia 16 de novembro.

Para os próximos anos, um comitê especial premiará os ganhadores no dia 29 de agosto, coincidindo assim com o aniversário da ordem de Nazarbayev para o fechamento do polígono de testes nucleares de Semipalatinsk em 1991 e com o Dia Internacional das Nações Unidas contra os Testes Nucleares.

O país centro-asiático apoiou todas as iniciativas globais antinucleares desde a sua independência em 1991 e fundou várias organizações com o objetivo de acabar com as armas de destruição em massa, entre as quais se destaca o Projeto Atom, que defende a proibição dos testes de armas atômicas.

O governo cazaque comunicou que o prêmio se iniciou com o Manifesto de Nazarbayev, "O mundo. O século XXI", que o líder cazaque apresentou no dia 1º de abril durante a 4ª Cúpula de Segurança Nuclear em Washington, nos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos