Ataque a campo de deslocados deixa 30 mortos na República Centro-Africana

Bangui, 13 out (EFE).- Pelo menos 30 pessoas morreram e outras 57 ficaram feridas em um ataque dos rebeldes do grupo Séléka contra um acampamento de deslocados na cidade de Kaga Bandoro, no norte da República Centro-Africana, informaram nesta quinta-feira à Agência Efe fontes do governo local.

O ataque, no qual morreram 12 soldados da missão de paz da ONU no país (MINUSCA), aconteceu durante a madrugada de ontem, após a morte de um rebelde que foi surpreendido enquanto realizava um roubo em uma estação de rádio.

Em resposta, a coalizão rebelde lançou um forte ataque contra a população do acampamento e contra diferentes locais da missão da ONU e das autoridades.

No mês passado, dezenas de pessoas morreram muito perto dessa cidade em um enfrentamento entre os rebeldes do Séléka e as milícias anti-Balaka.

A situação de segurança piorou nos últimos meses na República Centro-Africana, com o aumento dos incidentes violentos, tanto na capital como no resto do país, e especialmente no norte, onde há grandes áreas controladas por milícias como o grupo Séléka.

O país vive um complicado processo de transição desde que os Séléka derrubaram em 2013 o presidente François Bozizé, o que suscitou uma onda de violência sectária entre muçulmanos e cristãos que deixou milhares de mortos e obrigou cerca de 1 milhão de pessoas a deixarem seus lares.

A eleição de Faustin Archange Touadéra como novo presidente em fevereiro deste ano deveria abrir uma nova etapa para a República Centro-Africana, cujas autoridades ainda têm muitos problemas para controlar os grupos rebeldes em áreas afastadas da capital.

A ONU tem no país cerca de 13 mil agentes, entre eles mais de 10 mil militares e mais de 2 mil policiais, a fim de ajudar a estabilizar a situação após anos de conflito armado e, recentemente, aprovou um prolongamento da missão até novembro de 2017.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos