Comitê para Proteção dos Jornalistas diz que Trump é ameaça à imprensa livre

Nova York, 13 out (EFE).- O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) afirmou nesta quinta-feira que o candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, representa uma ameaça à imprensa livre no mundo.

"Donald Trump, por meio de suas palavras e de suas ações como candidato à presidência dos Estados Unidos, traiu de maneira sistemática os valores da Quinta Emenda", denunciou a diretora-executiva da organização, Sandra Mims Rowe.

Para o CPJ, se o republicano ganhar as eleições do próximo dia 8 de novembro, sua presidência representaria uma ameaça para imprensa livre no país, cujas consequências seriam ainda mais graves para os jornalistas que atuam ao redor de todo o mundo.

"Desde que começou sua campanha, Trump insultou e vilipendiou a imprensa e fez de seu confronto com os veículos de comunicação um ponto central de seus discursos", lamentou a diretora do CPJ.

O CPJ criticou especificamente o fato de o candidato se negar a condenar os ataques sofridos por jornalistas durante seus comícios e também por ter expulsado o apresentador da Univision Jorge Ramos de uma entrevista coletiva por fazer uma "pergunta impertinente".

"Alguns sugerem que suas declarações são só retórica, mas nós levamos suas palavras ao pé da letra. Sua rejeição aos princípios constitucionais de uma imprensa livre são claros", disse Sandra.

O CPJ também enumerou as repetidas ocasiões que Trump acusou o jornal "The New York Times" de ser "desonesto" e as vezes em que negou credenciais a profissionais de veículos como o "The Washington Post", "Politico", "The Huffington Post", "The Daily Beast" e o "The Des Moines Register".

Nesta quinta-feira, Trump acusou o "Times" e a revista "People" de fabricar denúncias falsas contra ele após a publicação de matérias de supostas vítimas de abuso sexual cometidas pelo magnata.

"Não estamos nos posicionando em relação às eleições. O que estamos fazendo é alertar que uma presidência de Trump representaria uma ameaça para a imprensa livre nunca antes vista na história moderna", concluiu o CPJ.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos