Esquadra naval russa zarpa rumo ao Mar Mediterrâneo

Moscou, 15 out (EFE).- Uma esquadra naval da Rússia liderada pelo porta-aviões "Almirante Kuznetsov" zarpou neste sábado rumo ao Mar Mediterrâneo, informou o escritório de imprensa da Frota do Norte da marinha russa.

Além do porta-aviões, o único com que a Rússia conta, participam da missão seu grupo de escolta, integrado pelo contratorpedeiro "Pedro o Grande", os navios antissubmarino "Severomorsk" e "Vice-almirante Kulakov", e várias embarcações de abastecimento.

"O objetivo da missão é garantir a presença naval em regiões importantes do ponto de vista operacional", afirmou a Frota do Norte.

Em setembro, o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, antecipou que o "Almirante Kuznetsov" se incorporaria à frota russa posicionada de maneira permanente no Mediterrâneo Oriental para "aumentar suas possibilidades de combate".

Segundo Shoigu, nessa região, próxima da Síria, há seis navios de guerra russos, acompanhados de três ou quatro embarcações de apoio logístico.

O ex-chefe do Estado-Maior da marinha russa, Viktor Kravchenko, afirmou que a esquadra liderada pelo "Almirante Kuznetsov" poderia chegar até o Mediterrâneo em um prazo de dez dias, caso se dirija diretamente para suas águas.

Em entrevista à agência "Interfax", Kravchenko indicou que é "totalmente provável" que os aviões do "Almirante Kuznetsov" participem das operações aéreas na Síria.

A Rússia retomou em 2013 sua presença naval permanente no Mediterrâneo Oriental, que foi suspensa na década de 1990 com o fim da Guerra Fria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos