EUA exige a devolução de Trípoli ao governo respaldado pela ONU

Washington, 15 out (EFE).- O governo dos Estados Unidos se manifestou neste sábado sobre a situação na Líbia e destacou a necessidade de o governo de união nacional do país, respaldado pela ONU, recupere os prédios públicos de Trípoli, tomados ontem pelos antigos líderes rebeldes regionais.

"Os Estados Unidos estão preocupados pelos relatos de violência em Trípoli e o uso da força para tomar a sede o Conselho Estatal", afirmou, por meio de comunicado, o porta-voz adjunto do Departamento de Estado, Mark Toner.

O Congresso Nacional Geral, antigo governo em Trípoli, considerado rebelde, retomou nesta sexta-feira sua sede na capital líbia, da qual tinha sido desalojado pelo Conselho de Estado, um dos órgãos de poder designados pela ONU.

"Os prédios governamentais em Trípoli deveriam ser devolvidos ao controle do governo de união nacional", disse Toner.

A ação rebelde é considerada um duro golpe e um desafio na unidade na Líbia, a partir de governo formado em março deste ano, pelo Conselho Presidencial designado pela ONU e que, em seis meses, não conseguiu estabelecer autoridade em todo o país.

"Os Estados Unidos reiteram apoio ao governo de união nacional e ao acordo político no país. Além disso, convoca todas as partes a trabalhar juntos para criar uma Líbia segura, próspera e livre, que responda as necessidades de seu povo", garantiu Toner.

Atualmente, a Líbia tem dois poderes, um em Tobruk, legalmente reconhecido pela comunidade internacional, e outro em Trípoli, chamado de união nacional, que é apoiado pela ONU e União Europeia.

Do conflito no país, vêm tirando proveito os grupos jihadistas e, especialmente, ramificação do Estado Islâmico, que em apenas um ano avançou em Derna, no oeste do país, em direção à Benghazi e Sirte. EFE

llb/bg

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos