Trump insinua que Hillary usou drogas no último debate e pede exames

Washington, 15 out (EFE).- O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, insinuou neste sábado que sua rival democrata, Hillary Clinton, consumiu drogas antes do último debate, ocorrido na semana passada, e pediu que ambos sejam submetidos a um exame toxicológico antes do encontro da quarta-feira que vem.

"Somos como atletas, certo? (...) Mas os atletas fazem um teste para ver se tomaram drogas. Acho que devemos fazer um teste antidrogas antes do debate. Eu faço. Por que não podemos fazer isso? Eu não sei o que acontece com ela", disse Trump em um comício no estado de New Hampshire.

"No começo do último debate (no domingo passado no Missouri), ela tinha muita energia. E depois, no final... parecia estar querendo ser retirada do palco. Mal conseguiu chegar a seu carro", acrescentou.

O candidato republicano, que alimentou vários rumores sobre a saúde de Hillary nos últimos meses, criticou a rival por não ter programado atos de campanha para hoje, e defendeu que ela está "descansando" para o próximo debate, apesar de que ainda "faltarem cinco dias".

O magnata aumentou os seus ataques à Hillary, a vários líderes republicanos e à imprensa após a divulgação de um vídeo feito em 2005 no qual ele faz comentários machistas e vulgares, e a posterior acusação que várias mulheres fizeram de que Trump abusou sexualmente delas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos