Foguetes deixam 5 mortos em bairros controlados pelo regime sírio em Aleppo

Cairo, 16 out (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas neste domingo devido ao lançamento de foguetes sobre a região oeste da cidade de Aleppo, controlada pelo governo da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Três das vítimas morreram no bairro de Al Sayed Ali e as demais na região de Al Hamidiya, ambas sob domínio das tropas leais ao presidente do país, Bashar al Assad.

Além disso, 30 pessoas ficaram feridas, algumas delas em estado grave. Por isso, o Observatório Sírio não descarta que o número de mortos aumente nas próximas horas.

A agência oficial de notícias do governo "Sana" confirmou apenas três mortes de civis, entre eles duas mulheres, devido a "ataques terroristas com foguetes" sobre Aleppo. A "Sana" estima que 29 pessoas ficaram feridas por causa dos bombardeios na cidade.

Aleppo está sendo disputada pelos rebeldes, que controlam a metade leste da cidade, e o governo da Síria, que ocupa o oeste. Os grupos armados opositores costumam lançar foguetes sobre as áreas dominadas pelo regime, enquanto a região nas mãos dos insurgentes está cercada por tropas leais a Assad desde julho.

Ontem, Estados Unidos e Rússia realizaram uma reunião na Suíça, com a presença de representantes da Arábia Saudita, Egito, Turquia e Irã, entre outras potências regionais, para tentar firmar um cessar-fogo em Aleppo. No entanto, não houve acordo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos