Aleppo não registra bombardeios e disparos de artilharia desde o amanhecer

Beirute, 18 out (EFE).- Os bombardeios e disparos de artilharia cessaram desde o amanhecer desta terça-feira na cidade de Aleppo, no norte da Síria, onde se instalou uma calma relativa, informou à Agência Efe o diretor do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), Rami Abderrahman.

"Não detectamos nenhum ataque dentro da cidade desde o amanhecer, por volta das 4h locais (23h de Brasília da segunda-feira)", detalhou o ativista por telefone.

Também não foram registrados bombardeios em povoados da periferia de Aleppo, acrescentou Abderrahman.

Durante a madrugada, pelo menos cinco pessoas de uma mesma família, entre as quais havia três menores de idade e uma mulher, morreram por bombardeios de aviões de guerra não identificados contra Aleppo.

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, anunciou que sua força aérea e o exército sírio interromperam hoje os bombardeios e operações em Aleppo para facilitar a aplicação de uma trégua humanitária de algumas horas na próxima quinta-feira.

"Hoje às 10h (de Moscou, 5h de Brasília) cessaram os bombardeios de aviões russos e sírios na região de Aleppo. A interrupção antecipada do fogo é imprescindível para poder aplicar a trégua humanitária em 20 de outubro", disse o ministro.

O Estado-Maior do exército russo informou na segunda-feira que realizaria uma pausa humanitária de oito horas no próximo dia 20 em Aleppo, na qual tanto a aviação russa como as tropas sírias cessarão o fogo contra os rebeldes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos