Coalizão opositora na Síria considera pausa humanitária um truque da Rússia

Beirute, 18 out (EFE).- A Coalizão Nacional Síria (CNFROS), a principal aliança política de oposição ao regime de Bashar al Assad, considerou nesta terça-feira que o anúncio feito pela Rússia de uma "pausa humanitária" de oito horas na próxima quinta-feira na cidade de Aleppo, no norte do país árabe, não é mais que um "truque" de Moscou.

O integrante do comitê político da CNFROS Michel Kilo afirmou em comunicado que o objetivo dessa medida é "esmagar a resistência do Exército Livre Sírio (ELS) e dos rebeldes, e sufocar a revolução".

Para Kilo, tanto a Rússia como o governo sírio buscam uma solução militar para o conflito no país árabe.

O líder opositor destacou que a estagnação política na Síria levou a Rússia a "um isolamento internacional", por isso o Kremlin estaria tentando agora acabar com ele mostrando sua disposição de interromper os bombardeios em Aleppo por algumas horas.

"Este gesto falso de boa vontade pretende dar a impressão que nem a Rússia, nem o regime de Assad, apostam em uma solução militar, mas ambos prosseguem com a escalada de suas operações militares na Síria", afirmou Kilo.

O líder opositor acrescentou que a aviação russa está utilizando armas que causam grande destruição em Aleppo, como bombas anti-bunker, contra áreas de população civil e não descartou que a as ações da "feroz campanha" russa na cidade possam ser consideradas crimes de guerra e contra a humanidade.

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, anunciou que sua aviação e o exército sírio interromperam hoje os bombardeios e operações em Aleppo para facilitar a aplicação de uma trégua humanitária de oito horas na próxima quinta-feira.

"Hoje às 10h (de Moscou, 5h de Brasília) cessaram os bombardeios de aviões russos e sírios na região de Aleppo. O cessar-fogo antecipado é imprescindível para poder aplicar a trégua humanitária em 20 de outubro", disse o ministro.

O Estado-Maior do exército russo informou na segunda-feira que realizaria uma pausa humanitária de oito horas no próximo dia 20 em Aleppo, na qual tanto a aviação russa como as tropas sírias cessarão o fogo contra os rebeldes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos