Confrontos entre etnias no sul da RDC deixam pelo menos 20 mortos

Kinshasa, 18 out (EFE).- Pelo menos 20 pessoas morreram em enfrentamentos ocorridos nos últimos dias entre diferentes etnias da província de Tanganyika, no sudeste da República Democrática do Congo (RDC), informaram nesta terça-feira à Agência Efe fontes governamentais.

A disputa entre os pigmeus e os luba, duas comunidades que vivem na zona, começou no fim de semana depois que foram impostas novas taxas só para as mulheres pigméias, que mostraram desacordo com a medida.

No sábado, foram registradas três mortes, enquanto hoje morreram 17 pessoas, várias delas por ferimentos de flecha, em um novo confronto ocorrido em um mercado de Kabalo após a recusa de um grupo de mulheres a pagar ditos impostos, segundo explicaram à Agência Efe fontes do Ministério do Interior.

"É inaceitável. Nós pensamos que se há impostos, devem ser para todos", afirmaram estas mesmas fontes, que reconheceram que estes enfrentamentos são frequentes na região.

Além disso, as fontes asseguraram que o governo irá investigar o sucedido para evitar uma escalada de violência na região, que nos últimos anos foi palco de vários enfrentamentos entre estas duas comunidades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos