Trump diz que Ryan quer que ele perca para ser candidato republicano em 2020

Washington, 18 out (EFE).- O empresário Donald Trump sugeriu que seu correligionário no Partido Republicano e presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Paul Ryan, torce por sua derrota nas eleições de 8 de novembro para concorrer ele próprio à presidência do país no pleito de 2020.

Trump se pronunciou neste sentido após ser perguntado se acredita que Ryan, que foi candidato à vice-presidência em 2012 na chapa liderada por Mitt Romney, deseja sua vitória nestas eleições.

"Bom, talvez não porque talvez ele queira concorrer pela presidência em quatro anos ou talvez não saiba como ganhar. Talvez simplesmente não saiba como ganhar", disse Trump em uma entrevista à rede de televisão "ABC" gravada ontem e exibida nesta terça-feira.

Em setembro, falando em um fórum econômico em Washington, Ryan, de 46 anos, não descartou concorrer à presidência no futuro e lembrou que nestas eleições não o fez porque quer que seus filhos cresçam com uma vida normal.

Há uma semana, o congressista pelo estado do Wisconsin rompeu a delicada trégua que mantinha com Trump, de 70 anos, e anunciou que não fará campanha por ele após a divulgação de um vídeo de 2005 no qual o magnata se gaba de fazer o que quisesse com as mulheres no plano sexual.

Desde então, um Trump que sente que se sente menos compromissado com o Partido Republicano voltou seus ataques contra Ryan e a cúpula da legenda, que não lhe respondem e focam na campanha das eleições legislativas para não perder o controle do Senado.

Nos últimos dias, o empresário disse de Ryan que é um "líder muito ineficiente e frágil" e sugeriu que ele e a cúpula republicana têm "todo um acordo sinistro em andamento" contra ele.

Na entrevista à "ABC", pouco antes de sugerir que Ryan não o apoia porque quer ser candidato em 2020, o multimilionário disse "não querer criticar" o congressista, mas comentou em seguida que ele "poderia apoiar mais o indicado republicano".

"Vamos bem. Vamos ganhar. Acredito que vamos ganhar as eleições", afirmou Trump, apesar de na última semana ter dito que o processo eleitoral está "fraudado".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos