Ataque evitado termina com mais de 40 integrantes do EI mortos no Iraque

Erbil (Iraque), 19 out (EFE).- Pelo menos 47 integrantes do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) morreram nesta quarta-feira quando as tropas curdas peshmergas evitaram um ataque terrorista na região de Sinjar, próxima a Mossul, no norte do Iraque.

Um integrante das forças de proteção de Sinjar (combatentes da seita yazidi), Lokman Kali, disse à Agência Efe que as forças peshmergas impediram um ataque suicida do EI na em Domez, ao sudoeste de Sinjar.

Os soldados curdos conseguiram explodir três carros-bomba conduzidos por suicidas antes que ativassem a detonação e causassem vítimas entre civis. Três soldados peshmergas ficaram feridos e uma grande quantidade de armas foi apreendida durante a operação.

As tropas curdas participam da grande operação militar para expulsar o EI da cidade de Mossul, principal bastião do grupo terrorista no Iraque, que começou na madrugada da segunda-feira passada.

Os peshmergas trabalham junto com as forças governamentais iraquianas e com a coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos